sexta-feira, 1 de junho de 2012

Desperta Com Magia

Desperta bem para a vida,
Não te embrulhes de seguida.
Se as aves ao ouvido te cantarem,
E aos olhos te sorrirem,
Antes de te abraçarem,
Encanta-as sem cobardia.

Esta é a amarga canção,
É também a bela melodia.
Canta-a com o teu coração,
Mas encantado com a magia.

Os ventos que sopram agora,
Mais logo se calarão.
Num abrir e fechar de olhos,
Trovoadas e raios também virão.

Esta é a amarga canção,
É também a bela melodia.
Canta-a com o teu coração,
Mas encantado com a magia.

De novo voltarão,
Raios de luz e brisas soltas.
Aos quatro cantos, então,
Mil sílabas desenvoltas.

Desperta bem para a vida,
Não te embrulhes de seguida.
Se as aves ao ouvido te cantarem,
E aos olhos te sorrirem,
Antes de te abraçarem,
Encanta-as sem cobardia.

Esta é a amarga canção,
É também a bela melodia.
Canta-a com o teu coração,
Mas encantado com a magia.
(GM - Lanterna Romântica 01-06-2012)

6 comentários:

Janita disse...

Olá João!
Muito lindo este mágico despertar!
Vou tentar embrulhar-me nesta magia e esperar que voltem raios de luz, brisas soltas e o chilrear de passarinhos. Só temo é não ter a coragem e fascínio suficientes, para os deixar encantados!!

Um beijo.

Janita

mfc disse...

Um belo poema cheio de uma melancolia esperançosa em dias que nos alegrarão!

Um abraço,

Homem de Campos disse...

Olá Janita, também a tua alma é mágica e repleta de coragem, entre outras virtudes. Força!
Beijinho

Homem de Campos disse...

Olá mfc, obrigado pelo seu simpático comentário!
Abraço

Janita disse...

Fiquei feliz por te ver de volta à blogo, João.
Cheguei a interrogar-me se te terias afastado de vez.
Obrigada pelo carinho expresso nas tuas palavras.
Beijinhos. Fica bem!

Homem de Campos disse...

Olá Janita, abandonar este blog seria como abandonar um filho meu!... E depois há as amizades que se vão enraizando, contigo por exemplo, porque a net não é só virtualidade... Também tem muita realidade!

Agradeço a tua amizade,

Beijinhos